Conquista Online

Notícias Recentes

Homem é preso na Lagoa das Flores com crack e cocaína

Hoje por volta das 15 horas, a 77 CIPM juntamente com Esquadrão de Motociclistas Falcão, foi verificar uma denúncia de tráfico de drogas no bairro Lagoa das Flores. Lá foi abordado um indivíduo de iniciais M.R.A.S., e foram encontrados com ele dois tabletes de uma substância aparentando ser crack e 3 Barras de uma substância aparentando cocaína.

O indivíduo  estava praticando um crime de tráfico de drogas e havia comprado o entorpecente na cidade de Nazaré, Bahia. Após consulta foi verificado que o abordado já possuía antecedente criminal pelo mesmo crime.

Todo o material apreendido juntamente com o conduzido foram apresentados na delegacia para as providências legais.

Roda da PM encontra cocaína na Urbis V

Em uma ronda pela Urbis 5, uma viatura da PM avistou um aglomerado de pessoas que faziam uso de drogas. Quando abordados, os indivíduos empreenderam fuga pela via pública, sendo somente um deles alcançado. Nas proximidades foi encontrada uma sacola com 1 pedaço de substância análoga a cocaina, uma balança de precisão e 58 trouxinhas da substância anteriormente citado. O indivíduo alcançado era menor de idade e foi conduzido juntamente com o material apreendido para o DISEP, onde a ocorrência foi registrada

Alerta de chuvas intensas em Vitória da Conquista até a manhã desta quinta-feira

 

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alerta de chuvas intensas em Vitória da Conquista até às 10h desta quinta-feira (9). De acordo com o órgão, deve chover acima de 60mm por hora ou mais que 100mm por dia, com ventos superiores a 100km/h. Além do sul e sudoeste da Bahia, as chuvas também devem atingir Minas Gerais e Espírito Santo.

O Inmet também chama atenção para o grande risco de danos em edificações, corte de energia elétrica, queda de árvores, descargas elétricas, alagamentos, enxurradas e transtornos no transporte rodoviário nas áreas afetadas.

A Defesa Civil Municipal reforça que está disponível 24 horas por dia para atender à população. Em caso de situação perigo, como deslizamentos, desabamentos, enchentes e inundações, o cidadão deve acionar o órgão por meio do número 199.

No mapa abaixo, as áreas em amarelo identificam alerta moderado, a laranja perigo severo e vermelho, onde está Vitória da Conquista, perigo extremo.

Governo do Estado envia ajuda a municípios atingidos pela chuva no extremo sul da Bahia

O governador Rui Costa determinou o envio de equipes do 18º Grupamento do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, localizado em Teixeira de Freitas, e da SUDEC, Superintendência de Defesa Civil do Estado, aos municípios do extremo sul atingidos pelos temporais.

O objetivo é auxiliar no resgate às vítimas e fazer uma avaliação dos estragos provocados pelas chuvas que caíram na região. Duas aeronaves do GRAER (Grupamento Aéreo da Polícia Militar) também foram acionadas.
Em agenda em Rio do Pires e Caturama, neste sábado (8), o governador garantiu que o estado prestará a assistência necessária às cidades.

“Assim que soube das tragédias provocadas pelos temporais, determinei que os órgãos do estado façam os levantamentos necessários e deem todo o apoio possível aos municípios atingidos. Me solidarizo com familiares e amigos das vítimas”, declarou.

Deslizamento de terra em Itamaraju mata tio e sobrinhos

Um deslizamento de terra que atingiu Itamaraju, cidade no sul da Bahia, na madrugada dessa quarta-feira (8) matou um tio e seus sobrinhos de oito e quatro anos. O corpo de bombeiros resgatou os corpos hoje pela manhã.

De acordo com moradores da região, o Corpo de Bombeiros resgatou dos escombros os corpos de uma menina de quatro anos, do irmão dela de oito anos e de um tio de idade não divulgada, mas que pelas fotos parecia ser bem jovem.

Todos dormiam em um dos quartos que foi coberto pela lama em uma casa que caiu. Os pais e um dos irmãos das crianças também estavam na casa, mas sobreviveram à tragédia e estão sob cuidados médicos,  tendo sustentados alguns ferimentos.

Homem reage com disparos de arma de fogo à voz de prisão é baleado e morre

Um homem de posse de uma Pistola PT 58, HC Plus, Taurus, Cal .380, numeração suprimida, reagiu à voz de prisão dada por policiais militares do 19º BPM efetuado disparos contra a guarnição, por volta das 17h desta terça-feira (7), nas imediações do bairro Cidade Nova, em Jequié.

Os policiais revidaram aos disparos e o suspeito foi baleado, sendo conduzido ao Hospital Geral Prado Valadares, onde não resistiu aos ferimentos e morreu.  Além da pistola, em poder do indivíduo foi recolhido e apresentado na DT de Polícia, um carregador com 14 munições.

Governo publica MP que assegura Auxílio Brasil de R$ 400 ainda em dezembro

 

O presidente Jair Bolsonaro (PL) editou a medida provisória que garante o pagamento mínimo de R$ 400 às famílias beneficiárias do Auxílio Brasil ainda no mês de dezembro. O texto cria o chamado “Benefício Extraordinário” e foi publicado em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (7).

A medida tem vigência imediata, o que significa que 14,6 milhões de famílias contempladas pelo Auxílio Brasil receberão o novo valor já a partir da próxima sexta-feira (10), quando inicia o calendário de pagamentos deste mês.

Em novembro, o valor médio do Auxílio Brasil foi de R$ 224,41, mas Bolsonaro já prometeu um repasse de ao menos R$ 400 até o fim de 2022, ano em que ele buscará sua reeleição. Segundo o Ministério da Cidadania, do total de 14,5 milhões de famílias atendidas em novembro, 13 milhões recebiam menos de R$ 400.

O texto prevê expressamente que o Benefício Extraordinário será equivalente ao valor necessário para alcançar a quantia de R$ 400. A medida vem antes mesmo de o governo conseguir a aprovação integral da PEC (proposta de emenda à Constituição) dos Precatórios, que altera a regra de cálculo do teto de gastos (que limita o avanço das despesas à inflação) e também adia o pagamento de parte das dívidas judiciais da União contra as quais já não cabe recurso.

As mudanças abrem um espaço de R$ 106 bilhões no Orçamento de 2022, dos quais R$ 51,1 bilhões serão destinados à ampliação do programa social.

A proposta foi aprovada na Câmara, mas sofreu alterações no Senado, o que exige nova apreciação do texto pelos deputados. Nesta terça-feira (7), os presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), anunciaram um acordo para fatiar a PEC e promulgar a parte que foi aprovada com a mesma redação nas duas casas. Segundo Pacheco, a medida vai assegurar desde já um espaço extra de mais de R$ 60 bilhões.

A folga restante ainda dependerá da votação do restante da PEC, que será apensada a uma proposta já em tramitação e que pode ser levada diretamente a plenário. A apreciação está prevista para a próxima terça-feira (14).

Antes do anúncio do acordo, o vaivém nas negociações da PEC despertou dentro do governo o temor de atraso no cronograma de implementação da parcela extra no benefício das famílias, o que levou a área política a deflagrar a estratégia da medida provisória.

A MP vai destinar à parcela extra do Auxílio Brasil em dezembro R$ 2,67 bilhões que antes estavam reservados para o Bolsa Família -marca das gestões petistas-, mas agora estão disponíveis no Orçamento.

A “sobra” existe porque, ao longo de 2021, muitas famílias que integravam o programa migraram para o auxílio emergencial, pago a vulneráveis em decorrência dos impactos socioeconômicos da Covid-19 e que foi bancado com recursos fora do teto de gastos.

O texto também permite que o governo defina por meio de decreto o valor extra a ser pago entre janeiro e dezembro de 2022. Segundo técnicos do governo, o dispositivo deixa o terreno preparado para que Bolsonaro estenda o valor extra do Auxílio até o fim do ano que vem assim que houver espaço no Orçamento para isso.

A edição do decreto, porém, vai depender não só da promulgação da PEC dos Precatórios, mas também da modificação do Orçamento de 2022 para incluir a despesa adicional com o programa social. A inclusão de novas famílias também deve ser feita apenas depois do avanço dessas duas medidas, uma vez que depende da disponibilidade de recursos.

Na última quinta-feira (2), após reunião no Palácio do Planalto, o ministro da Cidadania, João Roma, disse que o pagamento de R$ 400 às famílias do Auxílio Brasil deve ser feito ainda em dezembro, embora não tenha citado na ocasião a estratégia da medida provisória.

“Os prazos [de tramitação da PEC] estão apertados, estão além do que esperávamos, mas não serão obstáculo para a gente cumprir a nossa missão”, afirmou Roma na ocasião.

Mesmo com a aprovação da PEC dos Precatórios na Câmara dos Deputados, no início de novembro, o Palácio do Planalto já vinha trabalhando com a edição da MP como uma espécie de plano B para assegurar o pagamento dos R$ 400 ainda em dezembro, caso a tramitação da proposta no Senado levasse mais tempo do que o previsto –o que acabou acontecendo.

VEJA O CALENDÁRIO COMPLETO DE PAGAMENTOS EM DEZEMBRO:

Final do NIS – Data do pagamento
1 – 10/dez
2 – 13/dez
3 – 14/dez
4 – 15/dez
5 – 16/dez
6 – 17/dez
7 – 20/dez
8 – 21/dez
9 – 22/dez
0 – 23/dez

Educação e desenvolvimento: Câmara aprova projeto que cria Diploma José Fernandes Pedral Sampaio para engenheiros e arquitetos

A Câmara Municipal de Vitória da Conquista aprovou o Projeto de Lei Ordinária (PDLO) nº 146/2021, de autoria do vereador Luís Carlos Dudé (MDB), presidente do legislativoO projeto dispõe sobre a criação dDiploma José Fernandes Pedral Sampaio, um título de mérito aos profissionais da Construção Civil: Engenheiro e Arquiteto em destaque.

O Diploma José Pedral será entregue anualmente em Sessão Solene, no segundo domingo de outubro, quando se comemora o Dia Municipal do Trabalhador da Construção Civil. Na solenidade serão contemplados seis profissionais da área, ativos e inativos, que se destacaram no progresso, pesquisa, incentivo e exercício da construção civil, contribuindo para o aprimoramento, crescimento e desenvolvimento de Vitória da Conquista.

José Pedral Sampaio, como era conhecido, nasceu em 12 de setembro de 1925, em Vitória da Conquista, sendo filho dengenheiro Sifredo Pedral Sampaio e dona Maria Fernandes Pedral Sampaio. Neto do Coronel Gugé, líder da política conquistense por quase 20 anos, José Pedral foi prefeito do município entre 1963 e 1964, tendo o mandato cassado pela Ditadura Militar após 13 meses. Posteriormente, assumiu a administração do município de 1983 a 1987, quando se tornou secretário estadual de Transportes. Voltou à prefeitura em 1989, ficando na gestão até 1996.

Esse título é uma homenagem ao ex-prefeito do município, ex-secretário estadual da Bahia e engenheiro civil, José Fernandes Pedral Sampaio, que faleceu no dia 16 de setembro de 2014, aos 89 anos.

Autor do projeto, o vereador Luis Carlos Dudé disse que essa é uma homenagem merecida a uma pessoa que tanto fez por Vitória da Conquista. “Pedral pensou Vitória da Conquista no futuro e trabalhou para que esse sonho se tornasse real, ele foi um dos maiores engenheiros que essa cidade já teve, um político de mãos limpas, um ser humano ímpar”, disse, acrescentando: “Pedral viveu intensamente o município de Vitória da Conquista e todas as homenagens a ele são legítimas”.

projeto segue para sanção pela prefeita Sheila Lemos (DEM).

Câmara de Vereadores: Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar é tema de audiência pública

A Câmara Municipal promoveu na manhã desta terça-feira, 07, uma audiência pública sobre o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF), uma iniciativa do governo federal voltado para o atendimento aos pequenos agricultores — àqueles cuja produção é resultado de sua própria força de trabalho ou da mão de obra familiar. O debate é uma iniciativa do vereador Chico Estrella (PTC) e contou com a participação de representantes da Prefeitura Municipal, Governo da Bahia, bancos do Nordeste e do Brasil, além de moradores das zonas Rural e Urbana.

Proponente da audiência, o vereador Chico Estrella (PTC) lembrou que durante a campanha eleitoral passou por boa parte da Zona Rural. “Durante minha campanha andei por toda a Zona Rural. Percorri os 11 distritos, muitos dos quais maiores que muitas cidades. Fui profundamente inspirado com a necessidade de comprometer meu mandato com a cidade e manter nosso olhos fixados e comprometidos com a Zona Rural”, contou ele.

O parlamentar avaliou que os produtores rurais enfrentam sérias dificuldades. “Os grandes mercados atuam como atravessadores, diminuindo o lucro. Estamos lutando para que os pequenos agricultores tenham espaço garantido na Ceasa”, defendeu Chico, em busca de melhores lucros para os produtores.

De acordo com Chico, a burocracia também tem dificultado o acesso dos pequenos produtores a programas de financiamento. “Não podemos continuar admitindo que as dificuldades impostas pelos agentes financeiros continuem travando o desenvolvimento da agricultura local”, apontou ele.

É preciso buscar os recursos – O vereador Edjaime Rosa Bibia (MDB) avaliou que, se existe o dinheiro mas não chega aos pequenos produtores é porque o acesso precisa ser mais facilitado e a possibilidade melhor divulgada. “Tem muito dinheiro. Não chega fácil nas mãos do produtor rural, que muitas vezes não sabe buscar o direito que tem”, disse o parlamentar. “Eu já fui produtor, já tomei dinheiro no Banco do Nordeste. Conheço bem o processo”, complementou.

Bibia apontou ainda que as pessoas precisam se unir para buscar os recursos. “Se não chegarmos lá alguém leva, vai embora e a gente não faz nada”, disse. Para ele, “falta ajuda, conforto e falta incentivo”.

Populares apresentam demandas – Lula de São Sebastião, assessor de Chico Estrella, propôs a criação de um laboratório para análises de solo, ações para que o pequeno agricultor possa participar do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e meios que facilitem o acesso do setor aos espaços de venda, como as feiras livres. Lula criticou a ausência de 18 vereadores na audiência. Para ele, são parlamentares que querem ver a Zona Rural mais pobre.

Lazaro Almeida Lima, representante de cooperativas, relatou as dificuldades enfrentadas pelo setor. Ele destacou projeto de mandiocultura e fécula e cobrou apoio.

Nilza Dias, moradora das Chácaras Primavera reclamou da situação precária da localidade, sem água encanada e energia. Ela disse que os moradores dependem de carro-pipa e acabaram pagando pela iluminação pública. Nilza frisou que as demandas são justas e que a população está pedindo respeito e cumprimento de direitos.

 

Educação: Prefeitura e Fasa assinam convênio para estágio curricular de universitários

Nas vésperas em que se completam 28 anos de criação do marco da assistência social do país, a Lei Orgânica de Assistência Social (Loas), a Prefeitura de Vitória da Conquista e a Faculdade Santo Agostinho (Fasa) celebraram na noite de segunda-feira (6) a assinatura do convênio de cooperação técnica, científica e cultural entre as instituições que vai possibilitar o estágio curricular obrigatório para estudantes da instituição, propiciando aos alunos e futuros profissionais uma experiência direta nos órgãos de assistência social do município.

No auditório da Fasa estiveram reunidos representantes das duas instituições signatárias, gestores do Conselho Municipal de Assistência Social, da Polícia Civil, da Defensoria Pública do Estado da Bahia, que discursaram sobre o pioneirismo da parceria no estado onde está sendo criado o primeiro estágio em direito no campo da assistência social.

Para a coordenadora pedagógica da Fasa, Isabela Arruda, a parceria repercute não apenas na formação do estudante, mas em uma forma de serviço para a sociedade. “A expectativa é a de aproximar nossos estudantes às questões relacionadas ao social, pois, acreditamos que ninguém se forma apenas para si. Esperamos também que possamos despertar a atenção do aluno a pensar no outro e em outras realidades”, declarou a coordenadora.

O secretário de Desenvolvimento Social, Michael Farias, salientou que o convênio é um fato histórico que marcará uma nova fase para a gestão do Sistema Único de Assistência Social em Vitória da Conquista. “O dia de hoje representa o compromisso da Prefeitura e da Fasa em conectar, cada vez mais, a teoria à prática, de modo a melhorar os indicadores sociais e garantir à população conquistense o pleno acesso aos seus direitos. Estamos empenhados em fazer uma gestão pública com qualidade, com soluções sustentáveis e inovadoras”, complementou Michael.

Sobre o convênio entre a PMVC e Fasa – Em um primeiro momento serão ofertadas vagas de estágio aos estudantes do curso de direito regularmente matriculados e com frequência efetiva, que poderão estagiar na Semdes e também nos Centros de Referência Especializados de Assistência Social, os Creas. Posteriormente, serão também contempladas todas as políticas transversais que integram a estrutura de gestão da Semdes.